«

»

Imprimir Post

28 DE ABRIL DIA INTERNACIONAL DE LUTA CONTRA AS PÉSSIMAS CONDIÇÕES DE TRABALHO QUE PROVOCAM ADOECIMENTO E MORTE RELEMBRAR, HOMENAGEAR OS NOSSOS MORTOS FORTALECENDO A LUTA EM DEFESA DA VIDA

O dia 28 de abril é o dia internacional de luta contra as péssimas condições de trabalho imposta pelo Capital que provocam acidentes, adoecimento e mortes.

O Brasil continua sendo um dos países campeões em acidentes e mortes provocados pelas condições de trabalho, situação essa que se agravou com a ampliação das terceirizações que tem por objetivo maior a precarização como forma de aumentar a exploração do conjunto da classe trabalhadora.

Numa das principais siderúrgicas do país, a Usiminas se escancara o quão cruel é o processo de terceirização, nos últimos 25 ano mais de 50 trabalhadores morreram vítimas de acidente de trabalho somente na planta da siderúrgica em Cubatão/SP, a maioria desses trabalhadores trabalhavam em empresas terceirizadas, e essa é a realidade em outras indústrias e outros setores: operários na construção civil, bancários, comerciários, trabalhadores rurais e também nos serviços públicos, a terceirização foi imposta para piorar as condições de trabalho do conjunto da classe trabalhadora e com a reforma trabalhista dos patrões implementada a partir de 2017, a situação se agravou principalmente pela imposição de jornadas de trabalho ainda piores.

Na tragédia que vivemos desde o final de 2019 com uma pandemia que assola o mundo e é potencializada pela ação do Capital e seus capachos governos a realidade para classe trabalhadora piorou ainda mais. Das mais de 3 milhões de mortes, sendo que quase 400 mil são no Brasil, as vidas arrancadas em sua maioria são da classe trabalhadora.

No Brasil desgovernado por Bolsonaro, os patrões com o apoio do genocida governo seguem mantendo todas as atividades não essenciais nesse momento de pandemia em funcionamento, a consequência disso é a morte de operários, comerciários, bancários, professores., e de muitos trabalhadores que estão nas atividades essenciais nos serviços públicos e também nas indústrias de produção de produtos emergenciais. Mais do que vítimas da COVID 19, são vítimas da ação patronal e do governo.

Para além de marcar essa importante data de hoje, é preciso fortalecer a nossa luta que passa por exigir a devida caracterização como doença provocada pelo trabalho de todos os casos de trabalhadores que foram contaminados e adoeceram pela COVID 19 e estavam trabalhando e seguirmos exigindo a paralisação de todas as atividades não essenciais nesse momento da pandemia garantindo estabilidade, direitos e empregos para o conjunto dos trabalhadores.

NOSSA MELHOR HOMENAGEM AOS NOSSOS QUE TIVERAM AS VIDAS ARRANCADAS É FIRMES SEGUIRMOS A LUTA CONTRA O CAPITAL E SEUS CAPACHOS

E AQUI NO BRASIL LUTAR PARA DERROTAR O GOVERNO GENOCIDA DE BOLSONARO É LUTAR EM DEFESA DA VIDA

Compartilhe!

Link permanente para este artigo: https://www.intersindical.org.br/2021/04/28/28-de-abril-dia-internacional-de-luta-contra-as-pessimas-condicoes-de-trabalho-que-provocam-adoecimento-e-morte/