«

»

Imprimir Post

COM OS MESMOS MÉTODOS OPORTUNISTAS UTILIZADOS NAS ELEIÇÕES DO SINDICATO DO MAGISTÉRIO EM CURITIBA, CHAPA DA CUT VENCE AS ELEIÇÕES NO SINDICATO DOS SERVIDORES A Chapa 1 que tem o apoio da Intersindical seguirá firme na base contra os ataques do governo Greca e na defesa de um Sindicato de luta e independente em relação aos governos e patrões

 

Nos dias 10, 11 e 12 de novembro aconteceu a eleição do Sindicato dos Servidores Municipais de Curitiba, participaram três chapas, a CHAPA 1 que tem o apoio da Intersindical, já as outras chapas são formadas pela antiga diretoria da CUT.

Da mesma forma que fizeram nas eleições do SISMMAC, as chapas cutistas se utilizaram das derrotas impostas pelo governo Greca que reduziu salários e atacou a Previdência para se apresentarem como salvadores da pátria, além disso mentiram se colocando com a chapa da renovação.

A CHAPA 1 desde que tomou posse em 2018 depois da grande vitória contra a chapa cutista que agora volta ao SISMUC retomou a organização do trabalho de base, lutou contra a terceirização e durante toda a pandemia esteve junto com SISMAC na luta em defesa da vida dos trabalhadores.

Juntas as atuais direções do SISMUC e do SISMMAC organizaram a paralisação do dia 15/10 que fez o governo recuar na retirada do reajuste salarial dos servidores, esses são exemplos da importância da unidade do conjunto do funcionalismo público e para além da categoria da unidade com a classe trabalhadora, princípios que seguirão defendendo na base como Oposição.

A chapa da CUT não obteve o percentual de 50% mais 1 dos votos para ser declarada vencedora já em primeiro turno como determina o Estatuto, mas a Chapa 1 em respeito a categoria decidiu por não realizar um segundo turno das eleições que se iniciaria a partir do dia 17 de novembro, ou seja, uma semana após a realização do primeiro escrutínio. De forma firme e coerente a atual direção do SISMUC e o conjunto da CHAPA 1 decidiram priorizar a luta contra a reforma da Previdência imposta pelo governo Greca e pela retomada dos 3,14% que foram arrancados dos salários dos trabalhadores.

Como no SISMMAC, os companheiros da CHAPA 1 no SISMUC seguirão firmes na base lutando contra os ataques dos governos e dos patrões, unidos ao conjunto da classe trabalhadora e na Oposição batalhando por um Sindicato classista e de luta.

Compartilhe!

Link permanente para este artigo: http://www.intersindical.org.br/2021/11/16/com-os-mesmos-metodos-oportunistas-utilizados-nas-eleicoes-do-sindicato-do-magisterio-em-curitiba-chapa-da-cut-vence-as-eleicoes-no-sindicato-dos-servidores/