«

»

Imprimir Post

FRUTO DA GREVE ORGANIZADA PELO SISMMAC E SISMUC SERVIDORES DE CURITIBA RECUPERAM O QUE FOI RETIRADO DOS SALÁRIOS PELO GOVERNO GRECA/DEM

Dia 15 de outubro foi dia de greve para os servidores de Curitiba contra redução salarial imposta pelo governo Greca.

O desgoverno reduziu os salários dos servidores ao retirar o reajuste de 3,14% aplicado em 2020, índice que era tão somente a reposição do ano, ou seja, longe de recompor as perdas dos últimos anos.

Além disso, na mesma semana a grande maioria dos vereadores de Curitiba aprovou o aprofundamento da reforma da Previdência imposto pelo governo em que aumenta a idade dos trabalhadores para se aposentar e arrocha ainda mais as aposentadorias com a imposição de nova alíquota.

Juntos com seus Sindicatos, SISMMAC e SISMUC, os trabalhadores do serviço público de Curitiba se colocaram em movimento e o dia 15 foi marcado por manifestação em frente à Prefeitura,  fruto da luta o governo teve que recuar e anunciou que devolverá   os 3,14% a partir de janeiro de 2022. E a nossa luta continua contra o arrocho salarial, pela recuperação das perdas, em defesa dos direitos e dos serviços públicos.

A Intersindical como sempre esteve firme nessa luta, uma luta do conjunto da classe trabalhadora.

Firmes as atuais direções do SISMMAC e SISMUC demonstraram novamente que é na luta e com o conjunto da classe que avançamos contra os ataques patronais e dos governos.

 

 

 

Compartilhe!

Link permanente para este artigo: https://www.intersindical.org.br/2021/10/16/fruto-da-greve-organizada-pelo-sismmac-e-sismuc-servidores-de-curitiba-recuperam-o-que-foi-retirado-dos-salarios-pelo-governo-grecadem/