«

»

Imprimir Post

MAIS UMA VITÓRIA DA LUTA DOS TRABALHADORES JUNTO COM SEU SINDICATO: USIMINAS NÃO CONSEGUIU DERRUBAR A LIMINAR QUE A IMPEDE DE DEMITIR A luta organizada pelo Sindicatos juntos com a Intersindical em defesa dos salários, dos empregos e da vida continua

Na semana passada a ação judicial encaminhada pelo Sindicato dos Metalúrgicos da Baixada Santista/SP, ação que também o Ministério Público do Trabalho se manifestou, garantiu uma decisão liminar que impediu a Usiminas de impor 900 demissões em sua planta de Cubatão.

Durante todos esses dias, a direção da usina buscou desesperadamente derrubar a liminar, mas seu pedido de mandato de segurança foi negado, portanto a empresa segue sendo obrigada a reintegrar todos os trabalhadores que demitiu na semana passada e também está proibida de demitir.

No dia de hoje também aconteceu mais uma audiência no Ministério Público do Trabalho, onde novamente o Sindicato reafirmou sua disposição de discutir uma proposta de Acordo Emergencial desde que garanta estabilidade no emprego para o conjunto dos trabalhadores e a proteção dos salários.

Na audiência novamente se escancarou que a única preocupação da Usiminas é preservar e aumentar seus lucros, pois os representantes da empresa mantiveram sua posição de buscar todas as formas para derrubar a decisão judicial que os impede de demitir.

Dados divulgados pela própria usina, mostram que a Usiminas fechou o ano de 2019 com um lucro líquido acumulado de R$ 377 milhões e sua receita líquida subiu em mais de 8%, alcançando R$ 14,9 bilhões. Como próprio Ministério Público do Trabalho, já disse, a empresa tem mais do que condições de manter os empregos por décadas.

O que pretende a Usiminas ao tentar demitir em massa e impor a MP 936 que reduz salários e direitos dos trabalhadores é mais um exemplo que monstra para que servem as medidas desse governo genocida que além de querer a qualquer custo acabar com o devido isolamento social, única forma de conter o aumento do contágio pelo coronavírus que já matou mais de 20 mil e contaminou mais de 300 mil no Brasil, quer também provocar uma carnificina nos direitos e empregos dos trabalhadores.

A luta organizada pelo Sindicato dos Metalúrgicos de Santos/SP e pelo Sindicato dos Metalúrgicos de Ipatinga/MG juntos com a Intersindical segue na defesa dos empregos, dos salários e da vida dos trabalhadores.

Cubatão/SP

Ipatinga/MG

 

 

Compartilhe!

Link permanente para este artigo: https://www.intersindical.org.br/2020/05/26/mais-uma-vitoria-da-luta-dos-trabalhadores-junto-com-seu-sindicato-usiminas-nao-conseguiu-derrubar-liminar-que-impede-de-demitir/