«

»

Imprimir Post

[Trabalhadores no Estado] Municipários de Cachoeirinha em GREVE!

Por SIMCA

MUNICIPÁRIO MANDOU AVISAR:
SEM SALÁRIO INTEGRAL E SEM 13º É GREVE!

No inicício de setembro a categoria em assembleia geral decidiu: se o governo não cumprisse com o pagamento integral dos salários (suspendendo o parcelamento) e se não cumprisse com o compromisso de pagamento do 13º salário, a resposta da categoria junto ao seu sindicato seria greve. O governo, o patrão dos trabalhadores no Estado, não cumpriu os acordos e os trablhadores responderam com mobilização.  Desde o dia 6 de setembro a categoria paralisou suas atividades. Desde que foi tomada a decisão pela GREVE o governo tem feito represálias contra o sindicato e contra os trabalhadores para tentar impor os interesses do Capital através do medo. Permanecermos firmes na luta para enfrentarmos a tentativa de criminalização das mobilizações de nossa classe e contra  o assédio moral nos locais de trabalho. Não vamos nos calar diante das ameaças! Não nos dobrarão com boatos de listas de grevistas, de atas intimidatórias, das ameaças de corte de ponto, das reuniões em separado, etc. O único objetivo desses métodos é desmobilizar a categoria e permanecemos firmes!

 

 

BOLETIM DE GREVE – 10/09/2016

AUMENTA A ADESÃO À GREVE DOS MUNICIPÁRIOS

Nessa sexta-feira, dia 09, chegamos ao quarto dia de GREVE e está visível a adesão cada vez maior da categoria, tanto no protesto de rua quanto na paralisação nos setores. Mesmo assim, o governo continua insistindo em criminalizar os representantes do SIMCA numa linha de tentar dividir a categoria. Porém, não estão enfrentando um sindicato dirigido à reboque por uma meia dúzia, pois aqui a direção das lutas se define pela base. Portanto, não adianta tentarem rotular alguns dirigentes sindicais porque a luta não é de um grupo de pessoas, mas de uma multidão que tem incorporado os princípios e métodos de um sindicalismo de base. O recado foi dado, ontem pela manhã entregamos o documento do SIMCA devidamente discutido com categoria em que estão as reivindicações da GREVE:

1º) Cumprimento da obrigatoriedade do pagamento dos salários em dia, conforme a lei, e que sejam movidos esforços por parte da base do governo para garantir o percentual de 40% no adiantamento através de emenda à lei orgânica proposta pelo sindicato que já esta em tramitação na Câmara Municipal;

2º) Pagamento imediato da primeira parcela do décimo terceiro salário que está atrasada desde o dia 04 de setembro;

3º) Negociação da compensação dos dias de greve, sem corte de ponto, tendo em vista ainda que o contexto da mobilização legitima o Direito de Greve sob ponto de vista legal.

EXIGIMOS O RETORNO POR ESCRITO SOBRE ESSAS REIVINDICAÇÕES ATÉ O FINAL DA MANHÃ DO DIA 13 DE SETEMBRO!

Logo após a entrega do documento foi realizado nosso protesto de rua em direção à ponte com centenas de municipários que marcharam por cerca de duas horas contando com o apoio da comunidade. No início da tarde, a Prefeitura emite nota informando que estariam sendo depositados R$ 500 nesse mesmo dia. Esse é mais um exemplo pra confirmar a necessária luta que fazemos para garantir os nossos diretos. Sabemos que quando o governo cede não são concessões que vem de cima, mas conquistas que arrancamos por baixo.

NOSSA LUTA TEM HISTÓRIA! É GREVE ATÉ A VITÓRIA!

 

 

Sindicato dos Municipários de Cachoeirinha/RS (SIMCA)

 

 

 

14188128_839861822818052_1468156027804053522_o.jpg

 

6_de_setembro_.jpg

Compartilhe!

Link permanente para este artigo: https://www.intersindical.org.br/2016/09/11/trabalhadores-no-estado-municiparios-de-cachoeirinha-em-greve/