«

»

Imprimir Post

[Químicos de Vinhedo] Trabalhadores aprovam patamar mínimo de reivindicação e seguem com as lutas nas fábricas

Por Químicos de Vinhedo

assembleiaEm assembleia de campanha salarial do setor químico realizada em 30/10/2015 às 18h00, os trabalhadores decidiram em aprovar a proposta abaixo, tendo-a como patamar mínimo e em continuar lutando fábrica a fábrica pela pauta específica. 
“Por nenhum direito a menos, avançar rumo às novas conquistas”.

Confira a proposta aprovada:
– Salários: Reajuste salarial pelo INPC-IBGE cheio (inflação acumulada de novembro de 2014 a outubro de 2015, estimada em torno de 10%) para todas as faixas salariais até o teto de R$ 7.929,13, acima desse valor, fixo de R$ 560,00.
– Pisos Salariais: Reajuste pelo INPC Integral
– PLR: Valores mantidos em R$ 930,00 para empresas com até 49 empregados e R$ 1.030,00 para empresas com mais de 49 empregados, com alteração na forma de pagamento:
– Renovação de todas as cláusulas sociais por mais dois anos

As lutas seguem nas fábricas pelas demandas específicas em cada empresa.

 

 

Compartilhe!

Link permanente para este artigo: https://www.intersindical.org.br/2015/11/09/quimicos-de-vinhedo-trabalhadores-aprovam-patamar-minimo-de-reivindicacao-e-seguem-com-as-lutas-nas-fabricas/