«

»

Imprimir Post

[Metalúrgicos de Limeira, Rio Claro e região] Metalúrgicos aprovam estado de greve

Por Sindicato dos Metalúrgicos de Limeira, Rio Claro e região. 

Os metalúrgicos de Limeira, Rio Claro e região aprovaram estado de greve durante a assembleia realizada na última sexta-feira (12/09) na sede do Sindicato da categoria em Limeira, mostrando que agora é aumento real ou greve. A medida é uma resposta à resistência dos grupos patronais em avançar nas negociações da Campanha Salarial 2014, não oferecendo sequer valores que alcancem o índice da inflação acumulado nos últimos 12 meses (6,35%).

O aviso de greve foi protocolado nos sindicatos patronais, em Campinas e em São Paulo, nesta segunda-feira (15/09) pelos Sindicatos dos Metalúrgicos unificados nesta campanha (Limeira, Campinas, Santos e São José dos Campos) e vale para todos os grupos. E a partir de agora, a deliberação dada pela categoria é fazer pressão nas montadoras para que ofereçam aumento real de salário, ou seja, índices acima da inflação.

A data-base da categoria metalúrgica é 1º de setembro. Por isso, as assembleias já estavam sendo intensificadas nas empresas que fazem parte da base do Sindicato das Indústrias Metalúrgicas de Limeira, como na Brascabos (Rio Claro), TRW e Iochpe-Maxion (Limeira).

As negociações com os setores patronais continuam acontecendo, mas até o momento não há propostas maiores do que 5,5%.

 150 mil metalúrgicos por 12,98% de reajuste salarial

Os trabalhadores reivindicam 12,98% de reajuste salarial e a maioria dos grupos patronais não chegam a oferecer 4,5%, o grupo de peças chegou a 5,5%, o que não equivale nem mesmo a reposição integral da inflação dos últimos 12 meses. O percentual de 12,98% foi calculado com base na previsão de inflação medida pelo INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor) entre setembro de 2013 a agosto de 2014, somado ao índice médio de produtividade dos setores patronais.

Compartilhe!

Link permanente para este artigo: https://www.intersindical.org.br/2014/09/16/metalurgicos-de-limeira-rio-claro-e-regiao-metalurgicos-aprovam-estado-de-greve/