«

»

Imprimir Post

SAPATEIROS DE FRANCA DEFINEM ESTADO DE GREVE E A MOBILIZAÇÃO AVANÇA POR AUMENTO SALARIAL E DIREITOS

ff2

Na assembleia realizada no dia 23 de março, os sapateiros de Franca organizados com o Sindicato avançaram na mobilização da Campanha Salarial e decidiram pelo estado de greve, exigindo a reposição das perdas salariais, aumento salarial e a ampliação dos direitos.

A luta também é contra o banco de horas: quando o pelego que não foi eleito pelos sapateiros ficou no Sindicato, os patrões conseguiram piorar ainda mais a situação dos sapateiros. Exemplo disso é o banco de horas que o pelego aceitou colocar na Convenção Coletiva de Trabalho: essa é a forma dos patrões exigirem mais trabalho e não pagar as devidas horas extras. Além disso, o banco de horas aumenta ainda mais os riscos de acidentes e doenças provocadas pelo trabalho.

Antes do pelego invadir o Sindicato, os patrões tentaram de tudo para enfiar goela abaixo o banco de horas, mas não conseguiram porque a nossa luta não permitiu que isso acontecesse.

 
E O MOMENTO AGORA É DE AVANÇAR NA LUTA EM CADA FÁBRICA PARA GARANTIR O AUMENTO SALARIAL, A MANUTENÇÃO E AMPLIAÇÃO DOS DIREITOS!

 

ff1

ff4

ff3

ff5

 

Compartilhe!

Link permanente para este artigo: https://www.intersindical.org.br/2017/03/26/sapateiros-de-franca-definem-estado-de-greve-e-a-mobilizacao-avanca-por-aumento-salarial-e-direitos/