«

»

Imprimir Post

A LAMA DE UM GOVERNO QUE NÃO TEM NENHUM RESPEITO PELA VIDA E PELO MEIO AMBIENTE Há dois meses, a lama de óleo atinge vários pontos do litoral brasileiro e além de atacar o meio ambiente, coloca em risco a saúde da população. E o que o governo faz? Nada, além de vomitar mais absurdos e fugir de sua responsabilidade

Desde o final de agosto, grandes manchas de óleo atingem a costa do Nordeste, já são mais de 200 praias atingidas e até o dia 22 de outubro foram recolhidas mais de mil toneladas do material.

A primeira reação do governo Bolsonaro, foi sem prova nenhuma acusar a Venezuela de ter despejado o óleo no litoral brasileiro e nessa semana, seu ministro da destruição do Meio Ambiente, Ricardo Salles, insinuou que a organização Greenpeace tinha alguma relação com o desastre ambiental, e não satisfeito, disse que o Greenpeace mesmo estando com um navio próximo as praias do Nordeste, não fez nada para ajudar. E o governo o que fez?

Enquanto estimula a destruição da Amazônia, a grilagem em terras indígenas, acusa organizações de defesa do meio ambiente de terroristas, o governo assiste pescadores vendo sua fonte de subsistência ser engolida pela lama de óleo, centenas de pessoas que se colocam como voluntárias para retirar o óleo das praias, sendo atendidas nos hospitais, com falta de ar, dor de cabeça, dermatites de contato entre outros sintomas decorrentes da exposição ao óleo. Estudos já apontam que o derramamento de óleo de petróleo que possui altas substâncias tóxicas vai se sentir por décadas, com consequências graves ao ecossistema e aos seres humanos.

O governo federal só depois de quase dois meses da invasão do óleo, enviou reforços para a região e pouco antes já tinha sido acionado judicialmente através de liminar da Justiça Federal de Pernambuco para que implementasse uma série de medidas para recolher o óleo e proteger áreas sensíveis. 

Enquanto a lama de óleo se espalha no litoral do Brasil, Bolsonaro faz um tour pela Ásia e Oriente Médio e tenta fugir de sua própria lama envolvendo as baixarias com o partido de aluguel que escolheu para ser candidato, o PSL, com as denúncias de corrupção envolvendo sua família e de lá, se preocupa em organizar a repressão do Estado, para tentar conter o enfrentamento contra os ataques de seu governo que têm piorado a cada dia as condições de vida e trabalho da classe trabalhadora.

 

Link permanente para este artigo: http://www.intersindical.org.br/2019/10/26/lama-de-um-governo-que-nao-tem-nenhum-respeito-pela-vida-e-o-meio-ambiente/