«

»

Imprimir Post

GOVERNO DO CHILE COLOCA A REPRESSÃO DO ESTADO PARA MATAR TRABALHADORES E SEUS FILHOS VAMOS AMPLIAR A SOLIDARIEDADE INTERNACIONAL À LUTA DE NOSSOS IRMÃOS DE CLASSE NO CHILE

O governo de Sebastián Piñera aumentou a repressão ao ver que não adiantou simplesmente revogar o aumento das tarifas do transporte, pois a luta dos trabalhadores e estudantes no Chile vai muito além disso, lutam contra a enorme desigualdade social.

O governo impôs estado de emergência, toque de recolher e colocou a polícia e o Exército nas ruas para bater e matar; são dezenas de mortos, centenas de feridos e presos. E no início dessa semana, um homem avançou com seu carro contra uma manifestação matando um trabalhador e seus filho de apenas 4 anos.

O governo e seus militares se escondem covardemente atrás de seus escudos, bombas, gases lacrimogênios e balas letais e atacam brutalmente os corpos e as vidas dos trabalhadores e da juventude que decidiram enfrentar essa dor para combater a falta de acesso a Saúde, Educação, Previdência, a ausência de direitos e a miséria.

É preciso fortalecer a solidariedade internacional aos trabalhadores no Chile e aqui no Brasil avançar na necessária luta contra os mesmos ataques que o governo Bolsonaro tenta impor aprofundando com suas reformas a miséria, o extermínio dos direitos, aumentando ainda mais a desigualdade social.

Link permanente para este artigo: http://www.intersindical.org.br/2019/10/25/governo-do-chile-coloca-repressao-do-estado-para-matar-trabalhadores-e-seus-filhos/