«

»

Imprimir Post

MENINA DE 7 ANOS MORRE NAS MÃOS DO GOVERNO DOS EUA É isso que significa a política de tolerância zero a imigração: mais violência e morte

Jackeline Caal, uma criança de 7 anos, vinda da Guatemala, morreu enquanto estava sob custódia de agentes do serviço de segurança dos EUA. Jackeline e seu pai foram presos ao tentar atravessar a fronteira do México com os EUA, a menina estava sem comer e sem beber água há dias. Durante as horas que ficou sob a custódia dos agentes de segurança, não recebeu alimentação e sequer água e com febre de mais de 40֩ C, a pequena criança começou a sofrer convulsões. Morreu por conta do choque e da desidratação.

É isso que significa a política de Donald Trump de tolerância zero à imigração: prende como se fossem criminosos, homens, mulheres e seus filhos que migram em busca de sobrevivência, que migram para não morrerem vítimas das guerras e do narcotráfico.

E fugindo das consequências das políticas dos governos que levam milhões à fome e a morte ao tentarem entrar nos EUA se deparam com a ação do Estado imperialista, responsável principal por espalhar pelo mundo ações que têm como objetivo intensificar a exploração contra o conjunto dos trabalhadores.

Crianças estão sendo apartadas de seus pais, presas em jaulas, levadas a Tribunais como se fossem criminosas, morrendo por falta de comida e água. Jackeline foi morta por falta de socorros básicos, uma criança presa porque junto a seu pai buscava sobreviver. No Iêmen crianças estão morrendo de desnutrição e de doenças que seriam combatidas se não houvesse bloqueios que impedem a ajuda humanitária de chegar, bloqueios que são impostos pela Arábia Saudita, Emirados Árabes e que contam com a conivência dos EUA, para manter uma guerra civil que já deixou metade da população no país à beira de um surto de fome, uma guerra que já matou mais de 10 mil pessoas.

São seres humanos que estão sendo queimados como se fossem mercadorias excedentes para o Capital, que para ampliar seus lucros e concentrar riqueza retira direitos, rebaixa salários, desemprega e retira a dignidade e a vida da classe trabalhadora e de seus filhos.

Mais do que não ser indiferente a essa matança que tira a vida dos pequenos, é preciso enxergar o que o discurso hipócrita dos governos de plantão tenta esconder: enquanto esbravejam contra os que buscam migrar, o que querem é impor um ataque ainda maior ao conjunto dos trabalhadores independente das cercas das nações que tentam esconder que independente de onde nascemos, o que vale para o Capital é ampliar a opressão e a exploração ao conjunto da classe trabalhadora.

 

 

Link permanente para este artigo: http://www.intersindical.org.br/2018/12/16/menina-de-7-anos-morre-nas-maos-do-governo-dos-eua/