«

»

Imprimir Post

O ESTADO DO CAPITAL TENTA DE TODAS AS FORMAS CRIMINALIZAR OS QUE LUTAM CONTRA ESSA SOCIEDADE DE EXPLORAÇÃO Nossa solidariedade aos companheiros da Federação Anarquista Gaúcha (FAG)

O Estado usa de todos seus tentáculos para tentar impor a ordem do Capital: submeter mulheres e homens trabalhadores à ideologia de que é “natural” ser oprimido e explorado.

Depois que o Partido nascido das lutas dos Trabalhadores (o PT) se transformou em seu avesso e, na presidência da República, tornou-se um bom gerente dos interesses da burguesia, essa mesma burguesia, ao retirar o PT do Planalto Central e colocar outro gerente (Temer do PMDB) para acelerar os ataques contra os trabalhadores, aproveita o momento para atacar as Organizações da Classe Trabalhadora que não se submeteram à conciliação de classes com o Capital. Usa do mar de lama de corrupção, em que o PT infelizmente também se banhou junto aos partidos da ordem, para investir contra aqueles que não sucumbiram à conciliação de classes e à corrupção e seguem na luta em defesa dos trabalhadores.

Mais um exemplo disso é a perseguição contra uma Organização que reúne trabalhadores, estudantes que estão no dia a dia presentes nas lutas do movimento sindical e popular: a Federação Anarquista Gaúcha (FAG) foi invadida novamente pela Polícia do Rio Grande do Sul no final do mês de outubro. Essa é quarta invasão, que teve início no ano de 2009.

Qual o crime da FAG? Mais do que defender concepções anarquistas, é estar ao lado dos que lutam contra a exploração imposta pelo Capital e denunciar as ações de um Estado que existe para reprimir e tentar conter a luta dos trabalhadores.

Os meios de comunicação do Capital, como a rede Globo em seu programa de domingo “Fantástico”, exibido em 29 de outubro, fizeram coro com o braço da repressão do Estado que tentam vincular sem provas a FAG à episódios ocorridos no Rio Grande do Sul, como o incêndio supostamente provocado à carros da Polícia e ações não comprovadas contra estabelecimentos privados.

Não há nenhuma prova que incrimine a FAG, mas o Estado, na ânsia de mais do que desmoralizar, criminalizar as Organizações de Luta, cria factóides para tentar conter os que seguem junto à luta dos trabalhadores.

Seguimos firmes na luta e juntos com todos aqueles que não se iludem com esse Estado e o denunciam com instrumento servil aos interesses do Capital.

Não nos calarão. A luta em defesa dos direitos e de uma vida plena para classe trabalhadora continua.

Link permanente para este artigo: http://www.intersindical.org.br/2017/11/07/o-estado-do-capital-tenta-de-todas-as-formas-criminalizar-os-que-lutam-contra-essa-sociedade-de-exploracao/