«

»

Imprimir Post

SISMMAC promove campanha de arrecadação de material escolar para os filhos dos metalúrgicos que ocupam a MABE em defesa de seus direitos.

Com informações do SISMMAC 

Solidariedade aos filhos dos trabalhadores da MabeSolidariedade aos filhos dos trabalhadores na Mabe

Na próxima quinta-feira, dia 25 de fevereiro, o magistério municipal de Curitiba tem assembleia geral da categoria para discutir e aprovar a Pauta de Reivindicações das professoras e professores da rede. E, para além de discutir as necessidades e direitos dos profissionais da educação de Curitiba, queremos promover uma campanha de arrecadação de material escolar para as filhas e filhos dos trabalhadores na Mabe.
Como já havíamos falado na semana passada, os metalúrgicos na Mabe que produzem fogões e geladeiras das marcas Continental e Dako, estão sem receber seus salários há três meses. Nesse cenário, os trabalhadores ocuparam as duas plantas da empresa, em Campinas e Hortolândia, como forma de impedir a retirada das máquinas e equipamentos e a reestruturação produtiva arquitetada pela multinacional. 

Sem receber os salários, as metalúrgicas e metalúrgicos na Mabe enfrentam grandes dificuldades financeiras. Falta dinheiro para pra conta de luz, de água, para o mercado e, nesse início de ano letivo, falta dinheiro para a compra do material escolar das crianças. A própria ocupação das plantas depende da solidariedade ativa da classe trabalhadora tanto com a presença quanto com doações de alimentos, produtos de limpeza e dinheiro.

 

Campanha de arrecadação de material escolar

Por todo o Brasil, entidades, coletivos e pessoas estão arrecadando alimentos e produtos de higiene e limpeza como forma de contribuir com a organização dos trabalhadores da Mabe. Aqui em Curitiba, pensamos na arrecadação de material escolar para os filhos dos metalúrgicos na Mabe para permitir que essas crianças possam continuar frequentando à escola regularmente. Nós sabemos o quanto a permanência na escola é fundamental para o desenvolvimento da criança e o quanto essa interrupção pode ser traumática e marcar toda a trajetória de vida do estudante.

Por isso, converse com os colegas do seu local de trabalho e com a comunidade do entorno da unidade à respeito dessa campanha. Convença-os sobre a importância da solidariedade de classe nesse importante momento de enfrentamento contra o capital que os trabalhadores na Mabe têm vivenciado na pele. Vale todo tipo de material escolar: cadernos (linguagem, matemática, desenho e caligrafia), lápis grafite e lápis de cor, canetas, borracha, régua, apontador, folhas sulfite, pasta com elástico, livros, gibis, dicionários, estojos, mochilas, entre outros.

O primeiro momento de arrecadação vai ser a assembleia do dia 25 de fevereiro, no Clube Dom Pedro II (Rua Brigadeiro Franco, 3662). Participe da assembleia e leve o material que você conseguir arrecadar nas escolas! A campanha de arrecadação acontecerá até o primeiro Conselho de Representantes do ano, que será realizado no dia 9 de março.

Se você não puder doar material escolar, mas acha que consegue contribuir de outra forma, entre em contato conosco que daremos um jeito da sua ajuda chegar aos metalúrgicos da Mabe.

A nossa ajuda é de fundamental importância para a manutenção da luta desses trabalhadores e de suas famílias. Juntos somos mais fortes!

Compartilhe!

Link permanente para este artigo: http://www.intersindical.org.br/2016/02/23/sismmac-promove-campanha-de-arrecadacao-de-material-escolar-para-os-filhos-dos-metalurgicos-que-ocupam-a-mabe-em-defesa-de-seus-direitos/