«

»

Imprimir Post

TRABALHADORES DA COPEL EM LUTA.

Os trabalhadores da Copel (empresa de energia elétrica do PR) cruzaram os braços hoje. Já o governador Beto Richa perdeu as estribeiras e acionou a Polícia Militar. Segundo os manifestantes informaram ao site da gazetadopovo, a PM tomou a caixa de som que estava sendo usada no protesto e devolveu a caixa quebrada. Para dispersar os manifestantes da Copel e temperar o clima já acirrado, a PM usou spray de pimenta.

Paralisação de advertência – Segundo o coletivo de 15 sindicatos que representam os funcionários da Copel, a paralisação de hoje, a primeira nos últimos 23 anos, é de advertência contra a proposta de reajuste apresentada pela empresa. A estatal quer pagar apenas o reajuste da inflação nos últimos 12 meses, de 5,58%, enquanto os funcionários pedem 8,5% de aumento.

A direção do SindSaúde repudia veementemente o abuso, a truculência do governo e se solidariza com os trabalhadores da Copel que ousaram, depois de 23 anos, ir à luta por melhores salários.

Compartilhe!

Link permanente para este artigo: http://www.intersindical.org.br/2012/11/22/trabalhadores-da-copel-em-luta/