«

»

Imprimir Post

INCENDIOS PROVIDENCIAIS PARA ESPECULAÇÃO

Já são mais de 60 incêndios só nesse ano e mais de 500 desde 2005 nas favelas da cidade de São Paulo, ano em que a prefeitura administrada pelo PSDB cortou os programas destinados à prevenção de ocorrências desse tipo.

Enquanto centenas de trabalhadores perdem seu pequeno e precário teto, as construtoras espalham seus megas projetos imobiliários e pressionam cada vez mais o governo que corre para atender suas demandas despejando a população trabalhadora das mais diversas formas: com centenas de reintegrações acompanhadas de repressão através das promessas não cumpridas de construção de moradia populares que coloca centenas nos programas de aluguel social em valores muito aquém do que se necessita para alugar um imóvel e para completar a lista, os incêndios aceleram a pretensão do governo de cada vez mais “limpar” a cidade.

O que significa esconder, empilhar, tentar ocultar os milhões de trabalhadores, para ampliar os espaços para especulação imobiliária e os lucros das empreiteiras com seus apartamentos, casas, mansões e complexos comerciais para os ricos que se sustentam a custa do trabalho daqueles que cada vez mais estão sem lugar para viver.

O Prefeito Kassab a exemplo do que fazem seus aliados do PSDB quer uma cidade para o Capital, por isso a ação criminosa na cracolândia, a proibição de distribuição de comida para quem mora na rua, sustentados por um aparato repressor legitimando pelo governo do Estado que simplesmente assina embaixo a declaração da Polícia Militar que justifica as chacinas das últimas semanas na cidade e na região metropolitana, dizendo que: “quem não resistiu, está vivo” ou:” morreram apenas marginais, bandidos”, onde encontraram essa ‘qualificação’ para afirmarem com tanta certeza quem eram os mortos?

Moinho, Piolho e tantos outros, são espaços onde moram trabalhadores e trabalhadoras com seus filhos, netos e companheiros, são nossos irmãos de classe e por isso tem nossa solidariedade.

Link permanente para este artigo: http://www.intersindical.org.br/2012/10/24/incendios-providenciais-para-especulacao/