«

»

Imprimir Post

Solidariedade aos companheiros e companheiras do MST

Os trabalhadores e trabalhadoras rurais sem terra que se organizam no estado de São Paulo iniciaram ontem (05/08) na cidade de Campinas uma marcha em defesa da reforma agrária e em unidade com o movimento sindical a defesa dos direitos do conjunto da classe trabalhadora e contra os ataques impostos pelo Capital e seu Estado que para sair de sua própria crise e iniciar uma nova fase de acumulação e concentração de riqueza ataca os trabalhadores.

Infelizmente hoje quando chegavam na cidade de Vinhedo uma companheira foi atropelada por um caminhão enquanto marchava pelo acostamento da Rodovia Anhanguera. A trabalhadora e lutadora Maria Cícera Neves de 58 anos, assentada em Iaras morreu no local.

Maria é parte da nossa classe que tomba na luta. Muitos morreram à bala, torturados, de fome, muitos vitimas das péssimas condições de vida e trabalho. Maria marchava junto com os seus em defesa da vida, por uma outra sociedade sem explorados e exploradores.

Maria continua junto conosco em nossas lutas. A Intersindical é parte não somente da jornada que se realiza no mês de agosto, mas da ação permanente de organização da luta a partir dos locais de trabalho e moradia, contra o Capital e seu Estado.
COMPANHEIRA MARIA PRESENTE, AGORA E SEMPRE!

Compartilhe!

Link permanente para este artigo: http://www.intersindical.org.br/2012/10/03/solidariedade-aos-companheiros-e-companheiras-do-mst/