«

»

Imprimir Post

Funcionários dos Correios decidem fazer greve em todo o país

Agências dos Correios de todo o país estarão fechadas a partir de amanhã (13), primeiro dia oficial de greve da categoria. Após assembléias em vários estados, hoje (12), os funcionários da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT) decidiram pela paralisação nacional, por tempo indeterminado, com o objetivo de reivindicar melhores condições de trabalho.

A estimativa do diretor da Federação Nacional dos Trabalhadores da ECT, José Gonçalves Jacó, é de que 100 mil trabalhadores, do total de 110 mil no país, paralisem as atividades. No Paraná, cerca de 80% dos funcionários já estão em greve, segundo o presidente do Sindicato dos Trabalhadores nos Correios no estado, Nilson Rodrigues dos Santos.

Na rodada de negociações de hoje, segundo Jacó, a empresa apresentou proposta de reajuste salarial de 3,74%, enquanto a categoria reivindica 47% e aumento real de R$ 200. A essa última proposta, os Correios ofereceram R$ 50, a serem pagos somente em janeiro.

“Ainda é muito pouco. Um carteiro tem salário inicial de R$ 524 e um diretor recebe cerca de R$ 24 mil. Queremos um processo de recuperação salarial”, explicou Jacó.

Além de aumento no salário, os funcionários pedem licença maternidade por seis meses e adicional de insalubridade. “Hoje os carteiros sofrem com incidência de câncer de pele, ataques de cães, assaltos e outros acidentes”, disse o presidente do sindicato paranaense.

Segundo o Comando Nacional de Greve, a empresa informou “que não vai discutir” essas outras reivindicações. (Agência Brasil)

Compartilhe!

Link permanente para este artigo: http://www.intersindical.org.br/2012/10/03/funcionarios-dos-correios-decidem-fazer-greve-em-todo-o-pais/