«

»

Imprimir Post

A greve dos trabalhadores na cultura terminou, mas a luta continua

Em assembléia realizada na noite do dia 17, os trabalhadores e trabalhadoras na Rádio e TV Cultura decidiram retornar ao trabalho depois de uma semana em greve pelo cumprimento da Convenção Coletiva de Trabalho.

A greve foi um espaço de retomar a organização dos trabalhadores por melhores condições de trabalho. Uniu efetivos, PJS e foi para além das funções especificas de cada um.
Os jornalistas também estiveram juntos no inicio desse movimento, mas a postura do Sindicato que os representa foi de frear essa mobilização.

Na audiência de conciliação que aconteceu no dia 17 a proposta da Justiça foi: pagar o reajuste de 6,05% e abrir negociação sobre o abono. A direção da empresa tentou de todas as formas tentar caracterizar o movimento como abusivo, mas não conseguiu. O Sindicato junto com a comissão de trabalhadores da RTC foram firmes na defesa de que a reivindicação é o cumprimento da Convenção Coletiva

Os trabalhadores então decidiram pelo retorno ao trabalho, mantendo o estado de greve para garantir o cumprimento da Convenção Coletiva que a empresa insiste em desrespeitar. Não há data marcada ainda para o julgamento do dissídio de greve impetrado pela empresa.

A luta continua para além dessas reivindicações. O Sindicato dos Radialistas prepara uma campanha contra a precarização das contratações que se expressa hoje na forma dos PJ’s (uma forma de contratação que não garante os mínimos direitos trabalhistas), mobilização essa que se estenderá para o conjunto da categoria.

A Intersindical estará a exemplo de tantas outras ações que já fizemos juntos com os Radialistas em mais essa luta.

Compartilhe!

Link permanente para este artigo: http://www.intersindical.org.br/2012/10/03/a-greve-dos-trabalhadores-na-cultura-terminou-mas-a-luta-continua/